Cuiabá (MT), terça, 21 de outubro de 2014
Vídeos


Quinta, 31 de março de 2011, 17h30

Bandidos marcam muros das casas como indicaçoes para assaltos.




Download Download


Leiamais veja também

+ ver todas os vídeos
Eparre

 Troca de posições

No limite do "empate técnico", Aécio Neves e Dilma Roussef invertem as posições nas pesquisas eleitorais. Desta vez, no Datafolha, quem está numericamente à frente é a atual presidente: 52% a 48% dos votos válidos.

 Eleição das viradas

Primeiro a comoção com a morte de Eduardo Campos num acidente aeronáutico que levou Marina Silva a protagonizar a disputa pelo PSB calcada no discurso da "nova política" que mal conseguiu ser explicitada.

 Desidratação e virada


Aécio Neves, ao final da campanha do primeiro turno, conseguiu o que parecia uma proeza: virar o jogo com a mesma velocidade ascensional de Marina Silva tão logo substituiu Eduardo Campos.
Marina foi alvo de críticas duras de tucanos e petistas ainda que tenha demonstrado mais mágoas com o seu antigo partido.

 Um apoio extemporâneo

Aécio até que se esforçou mas o ritmo da campanha acabou surpreendendo até Marina que tardou a tomar uma decisão. Quando anunciou seu apoio os eleitores já tinham migrado o suficiente para levar o candidato tucano a um favoritismo que o levou a liderar numericamente a disputa até a inversão presente.

 Reta final


O PT sempre foi Partido bom de chegada. O desgaste de 12 anos no poder e o cerrado fogo da imprensa na demonização do Caixa 2 de campanha, punido sob novo e surpreendente figurino jurídico que levou à condenação de cabeças coroadas do Partido e a duríssimas penas a coadjuvantes já às voltas com o "mensalão tucano de Minas Gerais", minaram a velha garra do Partido que se reacende nessa reta final.

 Há bons e ruins em todos os lugares


A falibilidade é uma condição inerente ao ser humano. Assim, por mais que organizações partidárias se mantenham livre de tentações em seu começo, à medida em que crescem incorporam as mais diversas personalidades. Alguns resistem à tentação mais do que outros. O que importa é que as instituições funcionem, apurem desvios e apliquem as punições devidas. Essa será, sempre, a maneira mais eficaz de dissuadir os mais afoitos.

Eparre

Segunda, 20 de outubro de 2014
Laudemir
Putz meu. Esse berranteiro matador de onça não é mole não! Segura peão...

Segunda, 20 de outubro de 2014
Ferando Arruda
Sinto uma leva pitadinha de oposição no site. É uma questão de estilo, não é?

Segunda, 20 de outubro de 2014
Fabrício
Muito boa a coluna de hoje. Nunca vi uma descrição tão exata da mediocridade política deste Estado. É isso mesmo. Mas, infelizmente, quem os elegeu foi o povo e o povo tem o governo que merece.

Quinta, 16 de outubro de 2014
Mateus
Essa tropa do Taques pensa que todos são "bobó tchera tchera" como ele gosta de falar. Quem fala demais dá bom dia a cavalo como vocês gostam de dizer aqui no EPA.

DEIXE SUA OPINIÃO OU COMENTÁRIO
Nome:
Texto:
Email:
Coluna:
HOME  |   TURMA DO EPA  |   PANORAMA  |   VÍDEOS  |   LEITURA  |   EPARRÊ  |   EPA DOS LEITORES
BROADCAST  |   QUEM SOMOS  |   DIREITO DE RESPOSTA  |   ANÚNCIOS  |   CANAL RSS  |   CONTATO
Copyright © 2011 - Turma do Epa. Todos os direitos reservados