Cuiabá (MT), quinta, 22 de junho de 2017
Turma do Epa
Segunda, 10 de abril de 2017, 19h01
Chapeu Economia

Meirelles diz que reforma da Previdência não é questão de opinião, é necessidade

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (10), que a proposta de reforma da Previdência deverá seguir para votação no plenário da Câmara dos Deputados nas próximas semanas.
Agência Brasil  / Cuiabá-MT

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (10), que a proposta de reforma da Previdência deverá seguir para votação no plenário da Câmara dos Deputados nas próximas semanas.

Em entrevista após palestra sobre o tema na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, no seminário Previdência Social no Brasil: Aonde Queremos Chegar?, Meirelles informou que a expectativa é que o relator da reforma, deputado Arthur Maia (PPS-BA), deve encaminhar na próxima semana à Comissão Especial da Previdência o relatório final da proposta para ser discutido e finalizado antes do encaminhamento para a votação.

Para o ministro, se for adiada, a votação da reforma pode impactar nas projeções feitas pelo governo sobre a reforma e, por isso, a aprovação do texto final deve ocorrer “o mais rápido possível”.

“Acredito que a discussão está sendo feita na hora certa, e o momento de se chegar ao texto definitivo é este, porque, a partir do momento em que sair da relatoria para votação final, quanto menos se mexer [no texto] melhor”, disse.

Recuperação da economia

Segundo Meirelles, a aprovação da reforma da Previdência já neste ano é fundamental para a retomada da economia. “E não é uma questão de opinião, mas de necessidade.”

“Projeções de longo prazo indicam que é insustentável manter a trajetória da Previdência que prevaleceria sem a reforma. Outros países tiveram que tomar atitudes dramáticas: cortar salários, reduzir valores de aposentadorias que já haviam sido concedidas – e isso, exatamente, porque esperaram por muitos anos, além do que era conveniente”, acrescentou.

De acordo com o ministro, o governo vem trabalhando com organizações internacionais para dimensar o tamanho do déficit na Previdência. "O Banco Mundial está fazendo um estudo sobre o assunto, que deverá ser divulgado nas próximas semanas. Existe ainda um estudo da OECD Corporate Governance Committee, que também está analisando o assunto. São, portanto, órgãos técnicos internacionais isentos que indicarão, de fato, a existência do déficit, porque há muita informação equivocada sendo passada aos brasileiros de que não há déficit na nossa Previdência.”

Dívidas dos estados

Henrique Meirelles disse que “não há qualquer possibilidade” de o governo federal vir a sacrificar o ajuste fiscal em curso para ajudar estados endividados.

“É importante dizer que o projeto de recuperação fiscal dos estados, para ser aprovado, estabelece uma série de critérios para que possam aderir [aos acordos de ajuste fiscal dos governos estaduais]. Não são todos que vão aderir. Os estados que estiverem insolventes – sem condições de pagar suas contas para poder se enquadrar no regime –  deverão estar dispostos a fazer ajustes muito sérios. Corte de despesas, aumento de despesas, vendas de estatais. Tudo isso limita, e muito, o número de estados que irão participar”, disse.

Meirelles informou que as negociações com alguns estados endividados já estão avançadas para a conclusão de acordo com a União. “Já existe um estado que vai aderir e aceitou as condições, que é o Rio de Janeiro. E existe outro, que é o Rio Grande do Sul, com o qual estamos discutindo e aguardando exatamente a aprovação da aceitação das condições para decidir se entra ou não no regime, que é muito duro, muito austero.”

O ministro da Fazenda afastou qualquer possibilidade de que a União venha a aportar recursos para ajudar os estados a quitar as dívidas. “Não está previsto na lei nenhum tipo de desembolso por parte do governo federal. Não há ajuda no sentido de que o governo sacrifique o ajuste fiscal, a recuperação do país, para ajudar estes estados”.

Meirelles garantiu que não haverá por parte do governo federal perdão para a dívida. "O governo federal simplesmente dará as condições para que a lei seja aprovada, para que o estado faça o ajuste, as companhias estatais privatizadas.”


 leia também
Quinta, 22 de junho de 2017
14:47
Chapeu GRAMPOS
Gilmar Mendes atribui escutas ilegais ao MPE
O ministro do STF criticou interceptações telefônicas ilegais atribuídas ao Ministério Público.
09:27
Chapeu judiciário
Irmã de Aécio, Andrea Neves deixa a prisão em Belo Horizonte
Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), deixou o Complexo Feminino Estevão Pinto, em Belo Horizonte, passando a cumprir prisão domiciliar.
09:13
Chapeu PROGRAMA DOMINGUEIRO
Parque das Águas recebe Domingo no Parque
A partir das 16h uma extensa programação acontece gratuitamente. Destaque para a Orquestra Sinfônica da UFMT que terá como convidado o músico Flávio Venturini
09:09
Chapeu DESTAQUE NACIONAL
Orquestra de MT é finalista de prêmio
CD "Alegria", gravado em parceria com bandolinista Hamilton de Holanda, foi selecionado em duas categorias no 28° Prêmio da Música Brasileira
09:00
Chapeu show no arsenal
Renato Braz se apresenta no Arsenal
Músico tem mais de 20 anos de trajetória e já se destacou em premiações d destaque como o Visa e o Sharp. Sobe ao palco no sábado e domingo, às 20h nos dois dias
Quarta, 21 de junho de 2017
08:53
Chapeu inverno
Inverno começa com previsão de El Niño de baixa intensidade
A estação, que segue até 22 de setembro às 17h02, é marcada por um período menos chuvoso nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e na maior parte do Norte do país.
08:51
Chapeu economia
PIB tem crescimento de 0,87% no trimestre encerrado em abril
O Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todas as riquezas produzidas no país, cresceu 0,87% no trimestre encerrado em abril, na comparação com o trimestre finalizado em janeiro.
08:46
Chapeu "OPERAÇÃO CONVESCOTE"
Gaeco aponta desvios na AL, TCE e Sinfra
Grupo desviava recursos pagos à Faespe
Terça, 20 de junho de 2017
09:15
Chapeu política
Supremo julga pedido de prisão preventiva contra o senador Aécio Neves
A Primeira Turma do STF deve julgar hoje (20) pedido de prisão preventiva contra o senador Aécio Neves
09:04
Chapeu SAGIHENGU
Lugar sagrado do Xingu está degradado
Para povos indígenas da região, o local, que é patrimônio cultural brasileiro desde 2010, representa o mesmo que a Meca, Jerusalém e o Cristo Redentor para sociedades não índias

+ ver todas as matérias
Eparre

 Gestão da Folha de Pagamentos


Gerir a folha de pagamentos do Estado de Mato Grosso tem se constituído num desafio. Apesar do fluxo de caixa sob contração, o governo tem consigo pagar o 13º salário no mês subsequente ao aniversário do servidor com a antecipação do pagamento aos aniversariantes de dezembro criando pressão maior sobre a folha.

 Dia 10


O crédito da folha no dia 10 é uma ginástica fiscal para fornir a Conta Única capacitando-a a suportar os estipêndios dos servidores. O ideal de pagar no mês trabalhado ainda continua a ser perseguido, mas, depende, exclusivamente, do comportamento da arrecadação.

 Esforço fiscal

A Sefaz vem realizando um esforço no serviço de fiscalização para manter o máximo de liquidez no Conta Corrente Fiscal e a compatibilidade deste com o faturamento e regime tributário de cada empresa. Tem dado resultado.

 "Galinha dos ovos de ouro"


Empresas são como as "galinhas dos ovos de ouro". Como a fábula, é melhor o Estado continuar o esforço na colheita, com o cuidado, claro, de ficar apenas no consumo dos ovos e, apesar do apetite, preservar a galinha.

 Cassação de incentivos fiscais


A "Brita Guia Ltda.", empresa da qual participa o próprio secretário de Fazenda, tem seus incentivos fiscais cancelados. O Malai Manso Hotel Resort também teve os incentivos fiscais cassados.

 Facão amolado


Ao que parece o facão do PRODEIC está devidamente amolado no curso desta gestão. Parece que a expressão "incentivo fiscal" se transformou em palavrão. É preciso cuidado para que as empresas com maior facilidade de transferirem matrizes ou a própria produção para outros locais continuem com fatores comparativos em favor de continuarem no Estado. O contrário seria bem pior.

Eparre

Quarta, 14 de junho de 2017
Lucio Ferreira
Será que o Zé do Pátio abilolou? O que está em dia mesmo seu Pátio?

Segunda, 12 de junho de 2017
Adailton Fernandes
O redator parece que acompanhou a sessão do TSE. Um resumo claro, demonstrando o trabalho que teve para decifrar os termos jurídicos. Essa ação vai dar o que falar. EPA MEU!

Segunda, 12 de junho de 2017
Ubiraci Carvalho
Gosto muito do humor do EPA. Ultimamente parece que vocês estavam meio brigados com o mundo. Agora valeu.

Sábado, 10 de junho de 2017
Marcio
Eu não entendo muito bem o funcionalismo. Ganha a revisão completa mas paga de forma parcelada. Ou seja, a grana entra no bolso. Será que faz greve pela greve ou para manter a mobilização?

DEIXE SUA OPINIÃO OU COMENTÁRIO
Nome:
Texto:
Email:
Coluna:
Vídeos
 INFORME PUBLICITÁRIO
MT EM AÇÃO: ESCOLA PLENA II
HOME  |   TURMA DO EPA  |   PANORAMA  |   VÍDEOS  |   LEITURA  |   EPARRÊ  |   EPA DOS LEITORES
BROADCAST  |   QUEM SOMOS  |   DIREITO DE RESPOSTA  |   ANÚNCIOS  |   CANAL RSS  |   CONTATO
Copyright © 2011 - Turma do Epa. Todos os direitos reservados