Cuiabá (MT), domingo, 01 de março de 2015
Turma do Epa
Quinta, 24 de março de 2011, 18h13
Chapeu BOI SONSO

Paralisação do frigorífico Mata Boi pode não ser calote. Ainda!

Pecuaristas receiam que a justificativa de falta de caixa seja pretexto para pedido de recuperação judicial e posterior calote
Itamar Perenha  / Cuiabá-MT

 

Os pecuaristas reagiram com apreensão à notícia do fechamento temporário do Frigorífico “Mata Boi” em Rondonópolis, temendo mais um golpe no setor. Escaldados pelos prejuízos do 4 Marcos, Frialto, Estrela e Arantes Alimentos, entre outros, temem mais um calote na praça.
 
Pecuaristas da região sul do Estado, responsáveis pela maior parte do fornecimento das cerca de 600 cabeças/dia levadas a abate na planta de Rondonópolis, receiam que a justificativa de “descompasso no fluxo de caixa”, concedida à guisa de explicação para a interrupção dos pagamentos, seja, ao fim, mais um doloroso processo de “recuperação judicial”, como de praxe, lento, arrastado e com prejuízos aos produtores.
 
Luciano Vacari, superintendente da ACRIMAT (Associação dos Criadores de Mato Grosso) concedeu entrevista coletiva à imprensa constatando a interrupção da escala de abate sem, contudo, conseguir contato com o responsável pelo Grupo Industrial “Mata Boi”, com o prenome de Murilo, para afastar os temores dos pecuaristas.
 
Privilégios ao JBS e Marfrig
 
Na visão da ACRIMAT há, além dos problemas de gestão próprios de cada planta industrial que provocaram a sucessão de calotes, uma questão de fundo: os privilégios concedidos aos grupos JBS e Marfrig que, a pretexto de se internacionalizarem, receberam polpudos empréstimos subsidiados do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Foi assim que as duas empresas, somadas ao Frigorífico Bertin, conseguiram adquirir plantas industriais importantes na Argentina, Estados Unidos, Itália, entre outros países, privando os pequenos e médios frigoríficos nacionais de terem acesso a uma fonte de recursos a juros atraentes. O problema, segundo Vacari, é que essa atração aconteceu em detrimento do expressivo mercado produtor nacional e, em particular, Mato Grosso, onde o JBS, a despeito de sustentar-se com empréstimos subsidiados por todos nós, fechou a planta de Cáceres, deixando de gerar negócios e empregos aqui para criá-los em outras partes do mundo.
 
“Trata-se de uma política industrial claramente equivocada e danosa à indústria brasileira processadora de carne onde há, progressivamente, menos competição. Isso é uma evidente contradição, uma concepção política pública incompatível com a posição ocupada pelo Brasil de grande produtor de carne bovina mundial, e, em especial Mato Grosso, detentor do maior rebanho nacional”, completou.
 
Reestruturação do setor
 
Luciano Vacari procura vocalizar o pensamento dos pecuaristas que descartam a possibilidade de virem, no futuro, por associações ou movimentos cooperativos, gerir unidades frigoríficas. Para ele algumas experiências foram mal sucedidas o que demonstra que a vocação da classe se expressa, com maior competência, da porteira para dentro, onde conseguem produzir, de forma competitiva, em custos e qualidade. “É esperar os desdobramentos dessa paralisação do abate em Rondonópolis, buscar mais informações junto aos empresários responsáveis pelas plantas industriais e torcer para que o “Mata Boi” retome os pagamentos e se mantenha em atividade. Por ora, apenas esperança”, finalizou.
 

 matérias relacionadas
Segunda, 24 de outubro de 2011
11:04
Chapeu é o boi
Pecuaristas de MT vão gastar R$ 44,3 milhões com vacinas
Preço da dose da vacina contra aftosa aumentou 25,5% e a arroba 4,2%
Segunda, 03 de outubro de 2011
12:57
Chapeu Mataboi
Novo 'plano' de pagamentos é estudado
O frigorifico Mataboi tem uma dívida de mais R$ 100 milhões com os pecuaristas
Quarta, 23 de março de 2011
12:50
Chapeu BOI SONSO
Frigorífico fecha em Roo e calote do setor chega a R$ 300 mi
O processo de recuperação judicial nesses casos é lento e até agora não se tem exemplos de bom desfecho

 leia também
Sábado, 28 de fevereiro de 2015
08:38
Chapeu energia elétrica
Aneel aprova aumento de até 39,5% para contas de luz de 58 distribuidoras
Os impactos da revisão serão diferentes conforme a região da distribuidora. Para as concessionárias das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, o impacto médio será de 28,7% e, para as distribuidoras que atuam nas regiões Norte e Nordeste, de 5,5%.
Sexta, 27 de fevereiro de 2015
08:30
Chapeu bloqueios
Entre 2009 e 2010 produtores de leite e caminhoneiros fizeram uma greve frança
E olha que lá eles são tão dependentes das rodovias quanto nós brasileiros, A frança tem cerca de 30.000 quilômetros de ferrovias, empatada com o brasil, Mas é 17 vezes menor do que nosso pais.
07:53
Chapeu Política
Especialista prevê ações no STF contra benefício a cônjuge de deputados
Ao autorizar o uso de verbas públicas para a compra de passagens aéreas de cônjuges de parlamentares, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, acaba por criar mais um telhado de vidro para o Congresso Nacional.
07:50
Chapeu MAIS UM DEGRAU
Defesa de Riva vai ao STJ
Com os mesmos argumentos encaminhados ao TJ/MT, a defesa de Riva quer reverter decisão no STJ. Se assistiram ao ´"Fantástico..."
Quinta, 26 de fevereiro de 2015
06:57
Chapeu PRISÃO CAUTELAR
Mantida prisão preventiva de Riva
Decisão reconhece que ex-deputado ainda pode influenciar instrução
06:55
Chapeu BLOQUEIO
Governo fixa preço do diesel por 6 meses
O bloqueio das estradas pelos caminhoneiros chegou ao fim com um amplo acordo que envolve a sanção, sem vetos, da Lei do Caminhoneiro e manutenção do preço do óleo diesel por 6 meses.
Quarta, 25 de fevereiro de 2015
07:56
Chapeu HABEAS CORPUS
Defesa de Riva aponta ilegalidade de prisão
O desembargador Rondon Bassil, da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, vai relatar habeas corpus interposto pela defesa do deputado José Riva que argumenta que a prisão decretada foi ilegal.
07:54
Chapeu BLOQUEIO DE ESTRADAS
Maggi alerta: "Isso derruba Governo"
Espero que essa onda de protestos por parte dos caminhoneiros não seja em vão. Que ela sirva para 'abrir os olhos' do Governo e da iniciativa privada, para analisar a forma e perceber que da forma como, hoje, está o transporte de carga no Brasil
Terça, 24 de fevereiro de 2015
07:57
Chapeu Internacional
Indonésia espera pedido de desculpas do Brasil e analisa cooperação bilateral
O porta-voz da diplomacia indonésia disse à Lusa que "um pedido de desculpa está subjacente"
07:53
Chapeu REEDIÇÃO
O festival de acusações e a prisão de Riva
Nenhuma novidade na onda moralizadora, em sintonia com o discurso de campanha. Depois do "circo" é a vez do "pão".

+ ver todas as matérias
Eparre

 Farisaismo


A hipocrisia e o farisaismo são defeitos que costumam andar juntos desde priscas eras.

 Volubilidade


O ser humano é, também, volúvel e os valores que deveriam nortear a conduta de todos são cada vez mais raros de serem encontrados.

 Ter e ser


No mundo atual nunca se viu tamanha subversão (eita palavrinha) entre o ter e o ser. É o descompasso entre os dois verbos que torna a pessoa menos ou mais feliz.

 Razão & emoção


Há quem prefira o jugo da razão do que a impetuosidade da razão, mas a sabedoria está em saber misturar as duas nas quantidades certas. Passa-se uma vida sem aprender.

 Amizades?


Há uma grande dificuldade em se conhecer amigos de bolso vazio.

Eparre

Sexta, 27 de fevereiro de 2015
Demerval Pereira
Faz tempo que não dou pitaco mas vou dar. Fica essa discussão no zap zap e essa pentelhação matinal. Td bem. Votei no Riva, sou Riva e me considerei muito bem representado esse tempo todo. Não sou fariseu, não sou volúvel, se ele for candidato voto de novo, prefiro ter e não sou dono da razão. Reconheço que o site está muito filosófico hoje. Agora que o mundo tá cheio de "amigos do bolso", meu caro, lá isso tá mesmo.

Sexta, 27 de fevereiro de 2015
Ladislau
Tá. Recebi o torpedo pelo zap zap. Acho que o pessoal do Epa tá errando feio nessa questão do Riva. Mas pergunto: a imprensa também não está errando geral? Aí fico com a lógica do EPA. Se a Justiça ainda não dispõe de todas as provas contra o Riva e se limita a indícios porque mantem o ex-deputado preso? Seria mais uma razão para que ele respondesse em liberdade.

Sexta, 27 de fevereiro de 2015
K.W.
Esse Mudrovistch não pode acreditar no que está falando. Falou por educação. Usou o manual de boas maneiras. Deve ter ficado muito puto com toda essa babaquice. Se até o Roberto Arruda lá de Brasília que foi flagrado com a mão na massa está respondendo em liberdade porque não o Riva? O sujeito mata, sai do flagrante e responde em liberdade pelo assassinato. O Riva não matou ninguém e esse discursinho idiota de que o corrupto mata os outros pela ausência de meios está como remédio vencido na Farmácia de Alto Custo.

Sexta, 27 de fevereiro de 2015
Luiz Carlos
Hummmm...achei a coluna um tanto filosófica hj. A que atribuir essa mudança?
Acho que os fariseus estão na Justiça, os volúveis me parece que na política, o ter está entre os ladrões do dinheiro público, o resto está meio difícil.

DEIXE SUA OPINIÃO OU COMENTÁRIO
Nome:
Texto:
Email:
Coluna:
Vídeos
 HUMOR
Continuando a série: Grandes feitos do sexo feminino!!
HOME  |   TURMA DO EPA  |   PANORAMA  |   VÍDEOS  |   LEITURA  |   EPARRÊ  |   EPA DOS LEITORES
BROADCAST  |   QUEM SOMOS  |   DIREITO DE RESPOSTA  |   ANÚNCIOS  |   CANAL RSS  |   CONTATO
Copyright © 2011 - Turma do Epa. Todos os direitos reservados