Cuiabá (MT), quarta, 27 de maio de 2015
Turma do Epa
Quinta, 24 de março de 2011, 18h13
Chapeu BOI SONSO

Paralisação do frigorífico Mata Boi pode não ser calote. Ainda!

Pecuaristas receiam que a justificativa de falta de caixa seja pretexto para pedido de recuperação judicial e posterior calote
Itamar Perenha  / Cuiabá-MT

 

Os pecuaristas reagiram com apreensão à notícia do fechamento temporário do Frigorífico “Mata Boi” em Rondonópolis, temendo mais um golpe no setor. Escaldados pelos prejuízos do 4 Marcos, Frialto, Estrela e Arantes Alimentos, entre outros, temem mais um calote na praça.
 
Pecuaristas da região sul do Estado, responsáveis pela maior parte do fornecimento das cerca de 600 cabeças/dia levadas a abate na planta de Rondonópolis, receiam que a justificativa de “descompasso no fluxo de caixa”, concedida à guisa de explicação para a interrupção dos pagamentos, seja, ao fim, mais um doloroso processo de “recuperação judicial”, como de praxe, lento, arrastado e com prejuízos aos produtores.
 
Luciano Vacari, superintendente da ACRIMAT (Associação dos Criadores de Mato Grosso) concedeu entrevista coletiva à imprensa constatando a interrupção da escala de abate sem, contudo, conseguir contato com o responsável pelo Grupo Industrial “Mata Boi”, com o prenome de Murilo, para afastar os temores dos pecuaristas.
 
Privilégios ao JBS e Marfrig
 
Na visão da ACRIMAT há, além dos problemas de gestão próprios de cada planta industrial que provocaram a sucessão de calotes, uma questão de fundo: os privilégios concedidos aos grupos JBS e Marfrig que, a pretexto de se internacionalizarem, receberam polpudos empréstimos subsidiados do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Foi assim que as duas empresas, somadas ao Frigorífico Bertin, conseguiram adquirir plantas industriais importantes na Argentina, Estados Unidos, Itália, entre outros países, privando os pequenos e médios frigoríficos nacionais de terem acesso a uma fonte de recursos a juros atraentes. O problema, segundo Vacari, é que essa atração aconteceu em detrimento do expressivo mercado produtor nacional e, em particular, Mato Grosso, onde o JBS, a despeito de sustentar-se com empréstimos subsidiados por todos nós, fechou a planta de Cáceres, deixando de gerar negócios e empregos aqui para criá-los em outras partes do mundo.
 
“Trata-se de uma política industrial claramente equivocada e danosa à indústria brasileira processadora de carne onde há, progressivamente, menos competição. Isso é uma evidente contradição, uma concepção política pública incompatível com a posição ocupada pelo Brasil de grande produtor de carne bovina mundial, e, em especial Mato Grosso, detentor do maior rebanho nacional”, completou.
 
Reestruturação do setor
 
Luciano Vacari procura vocalizar o pensamento dos pecuaristas que descartam a possibilidade de virem, no futuro, por associações ou movimentos cooperativos, gerir unidades frigoríficas. Para ele algumas experiências foram mal sucedidas o que demonstra que a vocação da classe se expressa, com maior competência, da porteira para dentro, onde conseguem produzir, de forma competitiva, em custos e qualidade. “É esperar os desdobramentos dessa paralisação do abate em Rondonópolis, buscar mais informações junto aos empresários responsáveis pelas plantas industriais e torcer para que o “Mata Boi” retome os pagamentos e se mantenha em atividade. Por ora, apenas esperança”, finalizou.
 

 matérias relacionadas
Segunda, 24 de outubro de 2011
11:04
Chapeu é o boi
Pecuaristas de MT vão gastar R$ 44,3 milhões com vacinas
Preço da dose da vacina contra aftosa aumentou 25,5% e a arroba 4,2%
Segunda, 03 de outubro de 2011
12:57
Chapeu Mataboi
Novo 'plano' de pagamentos é estudado
O frigorifico Mataboi tem uma dívida de mais R$ 100 milhões com os pecuaristas
Quarta, 23 de março de 2011
12:50
Chapeu BOI SONSO
Frigorífico fecha em Roo e calote do setor chega a R$ 300 mi
O processo de recuperação judicial nesses casos é lento e até agora não se tem exemplos de bom desfecho

 leia também
Terça, 26 de maio de 2015
07:35
Chapeu política
Semana de votações no Senado começa com apreciação de MPs do ajuste fiscal
A semana parlamentar que começa, terá votações relevantes no Senado.
Segunda, 25 de maio de 2015
08:42
Chapeu política
Em entrevista, Dilma diz que não há "base real" para impeachment
A presidenta Dilma Rousseff disse que não teme o impeachment por entender que não há ?base real? para um eventual processo. Dilma afirmou, ainda, considerar que o assunto tem caráter de luta política contra seu governo.
08:35
Chapeu pela internet
Começam hoje inscrições para o Enem
As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam hoje (25), exclusivamente pela internet, no site do Enem.
Sábado, 23 de maio de 2015
16:58
Implementação do Código Florestal ainda é desafio, dizem ONGs
O Código Florestal (Lei 12.651/12) completa três anos no dia 25 de maio, mas ainda enfrenta alguns desafios para a sua efetiva implementação
Sexta, 22 de maio de 2015
08:24
Chapeu ajuste fiscal
Governo fecha acordo para aprovação de MPs do ajuste fiscal
O governo se comprometeu a vetar o artigo da Medida Provisória (MP) 665 que estabelece que os trabalhadores só terão direito ao abono salarial integral, de um salário mínimo, se tiverem trabalhado pelo menos 90 dias no ano anterior.
Quinta, 21 de maio de 2015
07:42
Chapeu investimentos
Primeiro-ministro chinês anuncia intenção de abrir fábricas no Brasil
O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, comentou o plano de cooperação de US$ 53 bilhões assinado com o Brasil.
Quarta, 20 de maio de 2015
15:46
Chapeu  OPERAÇÃO ARARATH
Eder livra Maggi e culpa Pagot
O ex-secretário explicou com operações legais derraparam para a "contabilidade criativa".
Terça, 19 de maio de 2015
19:10
Chapeu STF
Senado aprova indicação de Luiz Edson Fachin para o STF
Com votação apertada, ele foi aprovado com 52 votos a favor e 27 contra e nenhuma abstenção.
Segunda, 18 de maio de 2015
19:42
Chapeu terceirização
Terceirização aumentará número de ações na Justiça, diz presidente do TST
O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) disse hoje (18) que o projeto que propõe novas regras para a terceirização aumentará o número de ações trabalhistas
19:34
Chapeu economia
Levy diz que cortes no Orçamento devem ficar entre R$ 70 bilhões e R$ 80 bilhões
Levy se reuniu na tarde de hoje com o vice-presidente Michel Temer, outros ministros e senadores líderes da base aliada

+ ver todas as matérias
Eparre

 Reforma Política


A Reforma Política desandou na Câmara dos Deputados. Por falta de respeito ao voto do relator que sequer foi discutido, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), de forma ditatorial, decidiu colocar a matéria em votação sem outras preocupações.

 Financiamento público ou privado


O Plenário deverá decidir pelo financiamento público ou privado. Se privado, as empresas continuarão a fazer contribuições como sempre fizeram e manterem o lobby em funcionamento. Será mais do mesmo.

 Financiamento público e privado


Dá na mesma caso as empresas possam contribuir. Uma ou outra liderança poderá chegar à Câmara dos Deputados sem "comprar o mandato".

 Despachantes de luxo


Conforme a Reforma teremos deputados que nada mais serão do que despachantes de luxo e a serviço de interesses de grupo ou grupos empresariais. Não muda nada e pode ficar pior do que já é.

 Engessamento


Qualquer tipo de Reforma está engessada pelos interesses dos próprios parlamentares. Fica a pergunta: como vão contra o formato que os elegeu e garante mandatos longevos por reeleições seguidas fazendo da representação popular um tipo de profissão.

Eparre

Sexta, 22 de maio de 2015
Demerval Soares
Genial a coluna de vcs. Curioso como vcs tb foram "criativos" para falar das infrações penais. Apropriar-se do dinheiro publico é "confusão"?

Sexta, 22 de maio de 2015
Leonil
Acho que vcs poderiam informar mais sobre a Ararath. Tenho certeza que o site está escondendo informações. Não pode ser só isso. Éder tem que se defender e nem tudo que fala é verdade. Tá tentando tirar o dele da reta.

Terça, 12 de maio de 2015
Amaral
Quero cumprimentar o site pelas matérias sobre o FIES e a crise do financiamento estudantil. São matérias muito boas e oportunas. Deixem a maracutaia dos políticos porque isso é o que não falta. Agora precisa ajudar a moçadinha. Parabéns.

Terça, 12 de maio de 2015
José Luiz
Gosto muito da turma do epa. É um site sem medo e sem papa na língua. Tá todo mundo rendendo homenagem a regaçando as cuecas pro Taques mas aqui as concessões do moralista aparecem.

DEIXE SUA OPINIÃO OU COMENTÁRIO
Nome:
Texto:
Email:
Coluna:
Vídeos
 HUMOR
Chato quando acontece isso no estacionamento
HOME  |   TURMA DO EPA  |   PANORAMA  |   VÍDEOS  |   LEITURA  |   EPARRÊ  |   EPA DOS LEITORES
BROADCAST  |   QUEM SOMOS  |   DIREITO DE RESPOSTA  |   ANÚNCIOS  |   CANAL RSS  |   CONTATO
Copyright © 2011 - Turma do Epa. Todos os direitos reservados